Ivete Sangalo versão 4.0: ‘Estou muito melhor hoje’


Ivete sangalo (Foto: Divulgação/Divulgação)

 

Baiana da cidade de Juazeiro, filha de uma dona de casa e de um joalheiro, Ivete Sangalo teve que começar a trabalhar cedo para ajudar em casa. Depois de se virar como vendedora, entregadora das quentinhas que a mãe fazia e modelo, ela achou seu caminho na música. Cantou em barzinhos, liderou banda e hoje ela assume o posto de uma das principais, e mais bem-pagas, cantoras do país. No dia em que completa 40 anos, Veveta – como também é chamada pelos amigos - faz um balanço de sua vida e carreira.


Ela diz estar muito melhor hoje do que quando tinha 20 anos, que está adorando gravar “Gabriela”, que pode, sim, virar atriz, e que planeja aumentar a família.

“Ser mãe sempre foi um desejo muito forte dentro de mim, mas eu sabia da responsabilidade e das mudanças que isso traria. Mas tive apoio de todos os lados. E hoje penso em ter três filhos”, diz ela, que já é mãe de Marcelo, 2 anos, fruto do casamento com o nutricionista Daniel Cady. Confira mais do papo abaixo.

A ideia de ter 40 anos te 'assustou' em algum momento?
Ivete Sangalo: Estou achando ótimo. Estou numa fase muito boa da minha vida, com trabalhos novos e produzindo muito. Eu me sinto bem, bonita, com tudo em cima, só tenho motivos para comemorar.


Que apreensões da juventude já não têm mais? Que características dela gostaria que continuassem pelo resta da vida?

O bacana é você amadurecer, mas sem perder a vitalidade da juventude. Com o tempo a gente aprende a viver sem aquela pressa dos jovens. Mas me sinto jovem, com energia e paixão para dar e vender. São coisas que a maturidade traz, um equilíbrio saudável. Acho que estou muito melhor hoje! E adoro isso!

Ivete Sangalo em 1993, entra na Banda Eva (Foto: Reprodução)
Em 1993, estreando na Banda Eva

Imaginava chegar nessa fase da vida com uma família constituída e carreira consolidada?
A gente pensa, sonha, planeja, mas não deixa de ser surpreendente perceber que conquistou o que queria. Qualquer pessoa sonha ser bem sucedida dentro daquilo que escolhe como profissão e ter a vida pessoal estabilizada. Mas perceber que você conquistou isso é uma delícia. É indescritível.

Quais são as vantagens de ter sido mãe mais tardiamente? Pensa em aumentar a família?
Ser mãe sempre foi um desejo muito forte dentro de mim, mas eu sabia da responsabilidade e das mudanças que isso traria. Quando engravidei, sabia que aquele era o momento certo, porque me sentia preparada para isso. Eu me sentia madura o suficiente para assumir essa responsabilidade, e era um momento maravilhoso da minha carreira, em que pude me dedicar à gravidez e aos primeiros meses dele, sem que isso afetasse o meu trabalho e as pessoas que dependem dele. Meus fãs também entenderam isso. Eu tive apoio de todos os lados. E penso em ter três filhos!

Ivete Sangalo com Vera Fischer na gravaçao do clipe da musica 'Festa' (Foto: Reprodução)
Com Vera Fischer na gravaçao no clipe 'Festa'

Como está sendo se "arriscar" na dramaturgia? Teve medo que o papel em "Gabriela" pudesse afetar sua carreira de cantora?
Está sendo massa, gostoso demais. Acima de qualquer coisa, eu sou cantora, e quando topei fazer "Gabriela", foi por haver a possibilidade de ajustar a agenda. Aí foi só alegria. Nunca tive medo de afetar a carreira de cantora porque tenho fãs maravilhosos que me apóiam em qualquer decisão que eu tome, e isso para mim é muito claro. Eles sabem que isso é algo que me acrescenta enquanto artista e que é maravilhoso para mim, mas que sou a cantora deles.

A dramaturgia pode virar um segundo ofício de Ivete?
É algo que eu estou amando fazer e, se surgirem outros convites, farei o possível para participar.

Inspirou-se em alguém para compor sua personagem?
Eu quis desconstruir a Ivete Sangalo cantora para entrar no personagem. Brincar com o sotaque, com a voz. E acho que consegui isso, absorvi a personalidade dela.

Ivete Sangalo (Foto: Reprodução/arquivo pessoal)Desde cedo mostrando vocação para música

Como é ser uma das principais cantoras do país? Isso sempre foi um projeto de vida ou nem nos seus sonhos mais perfeitos imaginou que isso um dia pudesse acontecer?
Tudo isso só foi possível porque eu nunca estive sozinha. Diversas pessoas acreditaram nisso comigo e batalharam para que eu conseguisse chegar aonde cheguei. Depois vieram os fãs, que fortaleceram ainda mais tudo isso, e que foram também alguns dos principais responsáveis por tornar possível o meu crescimento dentro da música.

Que presente de aniversário gostaria de ganhar? O que vai fazer para comemorar os 40 anos?
Não sei ainda, estou aguardando a surpresa. O maior presente eu já tenho, que é ver a felicidade das pessoas que me cercam, encontrar meus fãs aonde quer que eu vá e receber deles palavras de carinho, de amor mesmo. É a família que eu construí, da qual tenho um orgulho imenso e que defendo com unhas e dentes. Tudo isso já faz de mim uma pessoa realizada. E no dia do meu aniversário , sei que vem muita demonstração de amor, de todos os lados.

Ivete Sangalo (Foto: Rafa Mattei/Divulgação)
Ivete Sangalo: parabéns!
Fonte: www.ego.globo.com
publicado por Fã Club Ivete Sangalo em CABO VERDE às 17:14 | link do post